Valor de entrada para financiamento de imóvel com FGTS aumenta de 5% para 20%

0 86

O valor de entrada necessário para financiar um imóvel com a Carta de Crédito do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) aumentou de 5 para 20%, conforme a nova regra estabelecida para a modalidade, que passa a valer a partir da última segunda-feira (2). Para reduzir esse porcentual à metade, é preciso utilizar o sistema de Amortização SAC, no qual a prestação diminui ao longo do tempo. Podem usar a Carta de Crédito FGTS famílias com renda mensal de até R$ 5,4 mil, em municípios com população a partir de 250 mil habitantes e R$ 4,3 mil, nas demais. Os beneficiários do programa Minha Casa Minha Vida com renda entre R$ 3,1 mil e R$5 mil também foram incluídos na nova norma. Neste caso, os juros são mais baixos, variando de 5 a 8,16% ao ano. O valor máximo do imóvel, a depender da população da cidade, varia entre R$ 90 e R$ 190 mil. A mudança foi regulamentada agora pelo Ministério das Cidades, mas foi estabelecida em setembro do ano passado pelo Conselho Monetário Nacional. Com informações da Folha de S. Paulo.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Complete a matemática para poder acessar *