PREFEITO DE MARAÚ PARTICIPA DE AUDIÊNCIA PÚBLICA SOBRE A PAVIMENTAÇÃO DA BR-030 

0 267

A Comissão de Fiscalização Financeira e Controle da Câmara dos Deputados realizou audiência pública nesta terça-feira (20) para discutir o asfaltamento da BR-030 no trecho entre os municípios baianos de Ubaitaba a Maraú.

O deputado Jorge Solla (PT-BA), que solicitou o debate, diz que as obras são urgentes e quer informações sobre o cronograma dos trabalhos para que a comissão possa acompanhar. “Há anos a população desses municípios e os que por ali trafegam sofrem com 77 km de trechos precários, sem pavimentação. Obras de manutenção e conservação estão em andamento, mas não obras de pavimentação”, explica.

“A BR 030 que se inicia em Brasília, passa pelos estados de Goiás, Minas Gerais e corta a Bahia entre as regiões leste e oeste do estado, é importante no escoamento da produção de grãos e minerais, mas também é via de acesso às praias do baixo sul baiano, importante rota turística. Todas estas atividades ficam grandemente prejudicadas com o estado precário da rodovia nesse trecho”, afirma Solla.

O prefeito de Maraú, Manassés Souza participou da audiência juntamente com os vereadores, Vado, Paulino e Dudu, e ressaltou a importância da pavimentação da rodovia. Manassés falou sobre a expectativa das obras que devem começar de fato em julho, além de fomentar a geração de empregos.

Convidados
Foram convidados para discutir o assunto com os parlamentares:
– o prefeito em exercício de Ubaitaba, Ismaile Mota dos Santos;
– o prefeito de Maraú, Manassés Santos Souza;
– o prefeito de Itacaré, Antônio de Anízio;
– o diretor geral do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), Fabrício Galvão;
– o vice-presidente da União dos Municípios da Bahia, Júlio Pinheiro.

Fonte: Agência Câmara de Notícias

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Skip to content
Este site tem o compromisso de garantir a acessibilidade digital para pessoas com deficiência. Estamos continuamente melhorando a experiência do usuário para todos e aplicando os padrões de acessibilidade relevantes.
Status de conformidade