Conselhos de Medicina mantêm pedido de informações para fiscalizar o Mais Médicos

0 91

Apesar de o programa Mais Médicos estar em andamento, os conselhos Federal (CRM) e regionais de Medicina mantêm o pedido de informações sobre a iniciativa, após uma enxurrada de críticas desde o anúncio da medida. Em nota divulgada nesta segunda-feira (16), as entidades afirmam que buscam “informações sobre o local de trabalho dos intercambistas do programa Mais Médicos e seus respectivos tutores e supervisores” no intuito de “garantir a boa prática profissional em benefício dos pacientes”. “De acordo com a Lei 3268/1957, [os conselhos] são os órgãos supervisores da ética profissional em toda a República e ao mesmo tempo, julgadores e disciplinadores da classe médica, cabendo-lhes zelar e trabalhar por todos os meios ao seu alcance, pelo perfeito desempenho ético da medicina e pelo prestígio e bom conceito da profissão e dos que a exerçam legalmente”, diz a nota.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Complete a matemática para poder acessar *